Portugal4Y Logo

Sete Razões para Viver

Imagine-se a viver num país onde encontra uma grande diversidade de paisagens e ambientes a curtas distâncias: praias com areais a perder de vista, montanhas e planícies douradas, cidades vibrantes e cosmopolitas e um património milenar. Aqui pode praticar desportos náuticos, jogar golfe nos melhores campos do mundo, contemplar a natureza, experienciar as mais recentes novidades em tratamentos de bem-estar ou partir à descoberta do património, dos vinhos e de uma gastronomia inigualáveis.


1. Clima

Quanto ao clima, os nossos invernos são suaves e os verões quentes e secos. O número de horas de sol chega a atingir as 3300 no sul do país e 1600 no norte, um dos valores mais altos da Europa!


2. Os Portugueses

Os portugueses são afáveis e acolhedores, recebem bem todos os visitantes, venham de onde vierem. E, de facto, vêm de vários pontos do mundo dado que o país está situado na costa Oeste da Europa, sendo por isso, uma porta de entrada no espaço Schengen. Grande parte da população fala idiomas estrangeiros, nomeadamente o inglês, castelhano e francês.


3. Geografia

Portugal tem uma excelente situação geográfica. Na convergência de três continentes - Europa, África e América, foi desde sempre um ponto central nas mais importantes rotas internacionais. Aqui encontra aeroportos internacionais em todo o país - Lisboa, Faro e Porto têm ligações regulares para as principais cidades do mundo.
Sabia que Lisboa fica a apenas duas horas e meia de avião de Paris ou de Londres? Se quiser descobrir as belezas de Portugal, saiba que o país está servido por uma moderna rede de vias terrestres: se partir de Lisboa demorará apenas duas horas até ao Porto ou Faro, as principais cidades do norte e sul de Portugal, e cerca de seis horas até Madrid. 


4. O País

Com quase nove séculos de fronteiras geográficas bem definidas, em Portugal vigora um regime parlamentar democrático com estabilidade política. Portugal é membro da União Europeia há 26 anos e faz parte do Sistema Monetário Europeu, usando a moeda única europeia. De acordo com o Banco Mundial, Portugal é a 43ª maior economia do Mundo, com uma das maiores taxas de crescimento do PIB dos últimos 40 anos, de entre os países da OCDE.


5. Qualidade de Vida


Portugal não é só um país bom para visitar, mas também para investir e viver. O desenvolvimento das infra-estruturas e a renovação urbana, têm vindo a incrementar a qualidade de Portugal, número de visitantes e consequentemente de distinções internacionais. Eis alguns dos mais relevantes factos:
 
 
  • Porto Melhor Destino 2014 - European Consumers Choice Awards
  • Lisboa Melhor Destino 20120 - European Consumers Choice Awards
  • Lisboa 2011- Eleita uma das 42 cidades no mundo com maior qualidade de vida - Worldwide Quality of Living Survey
 
Portugal oferece uma gama completa de serviços: escolas internacionais, habitação atractiva, sistemas de ensino e saúde de alta qualidade, centros comerciais, instalações recreativas e culturais, entre outros.
 
Além desta atraente variedade de serviços que proporcionam um excelente padrão de vida, Portugal é um destino único, que oferece uma grande diversidade a curtas distâncias.
 
Portugal oferece uma gama completa de serviços: escolas internacionais, habitação atractiva, sistemas de ensino e saúde de alta qualidade, centros comerciais, instalações recreativas e culturais, entre outros.
 
Além desta atraente variedade de serviços que proporcionam um excelente padrão de vida, Portugal é um destino único, que oferece uma grande diversidade a curtas distâncias.
 
O sector do Turismo em Portugal tem estado em destaque um pouco por todo o mundo, com distinções atribuídas a hotéis, restaurantes e entidades, bem como com a publicação de artigos em jornais e revistas internacionais dedicados ao país. Em 2013, o turismo em Portugal conquistou mais do triplo dos prémios que em 2012, seja pelos destinos mais baratos, praias "maravilhosamente únicas", um Alentejo "obrigatório" ou o pastel de nata como um dos melhores doces da Europa. De acordo com os dados disponíveis até Setembro de 2014, Portugal somava quase 50 distinções em apenas nove meses, contra os cerca de 15 prémios que recebeu durante todo o ano de 2012.

Entre as entidades que atribuíram os galardões, constam jornais como o The Guardian, New York Times e El Pais/Lonely Planet (editora), televisões como a norte-americana CNN, revistas como a Forbes, blogues como o Huffington Post, empresas e associações internacionais de turismo, 'sites' e imprensa especializada no sector.
 
Das distinções atribuídas este ano, algumas das mais relevantes:
 
  • Em 2014, Portugal foi, pela segunda vez consecutiva, eleito o melhor país a visitar pela edição espanhola da revista Condé Nast Traveler.
  • Também este ano, foi votado melhor país europeu pelos leitores do jornal norte-americano USA Today, e eleito o melhor destino de férias por avião, na Europa, nos Zoover Awards, que distinguem destinos e atracões turísticas, bem como alojamentos, em mais de 25 países. As distinções são atribuídas tendo por base as avaliações feitas pelos utilizadores do 'site' zoover.com, de avaliações de férias. Numa escala de 01 a 10, Portugal obteve uma pontuação final de 9.12, com destaque para as categorias 'hospitalidade' (9.23), 'cultura' (9.16) e 'gastronomia' (9.03).
  • No final de 2013, Portugal foi escolhido como um dos melhores destinos de 2014 pela editora de guias de viagens Lonely Planet, surgindo na lista "best value", dos países onde há melhor relação qualidade/preço.
  • Uma outra editora de guias de viagens, a Rough Guides, também destacou o país pelas mesmas razões, escolhendo como locais obrigatórios para visitar, entre outros, a Ericeira, a Feira de Barcelos, Monsaraz, o Convento de Cristo, em Tomar, Castelo de Vide, Óbidos, o Bairro Alto e a Ribeira do Porto.
  •  
Mas não é apenas o país a receber distinções:
 
  • O Algarve foi considerado este ano o melhor destino de Golf na Europa pela Associação Internacional de Operadores de Turismo de Golf (IAGTO, sigla em inglês).
  • Já Lisboa entrou no top dos viajantes dos 25 melhores destinos do mundo, escolhidos pelos utilizadores do site internacional de turismo e viagens TripAdvisor, e foi considerada a cidade com "melhor valor" na zona Euro pelo PostOffice do Reino Unido, tendo em conta o 'City Costs Barometer' 2014 (Barómetro de Custos das Cidades).
  • O Porto foi considerado o Melhor Destino Europeu deste ano pela European Consumers Choice, tal como em 2012, e entrou no top de 14 destinos para 2014 da operadora aérea britânica British Airways.
  • Já o aeroporto daquela que é também conhecida como 'cidade Invicta' foi considerado o 3.º melhor da Europa pelo Airports Council International. O aeroporto Sá Carneiro esteve no top três entre 2006 e 2011, tendo sido escolhido pelos passageiros como o melhor aeroporto europeu em 2007.
  • Mais a Sul, o Alentejo foi escolhido pela revista National Geographic como um dos melhores destinos a visitar este ano. Fora do Continente, o arquipélago dos Açores foi distinguido como Destino Preferido em 2014 pelas Associações dos Agentes de Viagens e Operadores Turísticos Europeus (ECTAA, sigla em inglês).
  • Além dos locais, Portugal tem onze hostels entre os melhores do mundo, nos prémios 'Hoscars', atribuídos pelo website de reservas Hostelworld.
 
Mas nem só o país, as cidades e os equipamentos são distinguidos. O Turismo de Portugal venceu os World Travel Awards 2014, também conhecidos como "Óscares do Turismo", na categoria de melhor organismo oficial de turismo europeu, que já tinha ganho em 2008.


6. Custo de Vida

 
Para a maioria dos estrangeiros, o custo de vida é considerado baixo.

Segundo o UBS (Prices and Earnings 2012), os índices de preços revelam-se atraentes:
 
  • ŸNíveis de Preços: 60,1(índice: Nova Iorque = 100);
  • Alimentação: 56,3 (índice: Nova Iorque = 100);
  • Vestuário: 57,5 (índice: Nova Iorque = 100);
  • Serviços: 57,1 (índice: Nova Iorque = 100);
  • Bilhete de metro:€ 1,40  (viagem de aproximadamente 10 km);
  • Bilhete de autocarro: € 1,83(viagem de aproximadamente 10 km);
  • Restaurante: € 45 (jantar composto por 3 pratos num restaurante de qualidade).



7. Fiscalidade
 

Portugal é, também, um dos melhores países para comprar casa porque tem regras fiscais claras e transparentes e proporciona facilidades na obtenção de autorização de residência, com enquadramento legal atractivo para investidores estrangeiros. Disponibiliza um regime especial para residentes não habituais, promovendo a captação de investidores estrangeiros através de taxas tributárias sobre o rendimento muito favoráveis.